• juliana rabelo

Alessandra e suas asas de ouro

Atualizado: 30 de Mai de 2019


Me lembro com precisão de detalhes a primeira vez que a vi.

Ela é assim inesquecível e principalmente inconfundível com a multidão.

Você pode estar conhecendo pela primeira vez 70 pessoas diferentes e seus olhos se voltarão imediatamente para ela.

Alessandra nasceu para ser exclusiva, única. Até hoje, passados mais de 10 anos desde o primeiro dia e com centenas de outras pessoas que já cruzaram meu caminho, ela é a pessoa mais autêntica que já conheci.

Talvez porquê na verdade ela não seja apenas uma mulher. Eu sei que ela é um pássaro raro também. Ela se transforma em mulher junto com a chegada do Sol.

já aconteceu dela se deixar prender em uma gaiola e esquecer que tinha asas... Acho que todos nós precisamos de algum descanso e reclusão de tempos em tempos. Mas foi momentâneo. sua Realeza sempre fala mais alto e ela voltou a voar.

A gaiola continua lá para que ela possa descansar quando necessário... mas não tem mais porta... e a dona das chaves é só uma: ela mesma.

Aprendi com cada uma das minhas musas.

Alê me ensinou que a verdadeira beleza e força de uma mulher estão em ser simplesmente ELA MESMA e não o que outros gostariam que ELA FOSSE. Alê nunca se omite ou se esconde. Ela se mantem fiel ao que traz dentro de si, e celebra o tempo todo aquilo que todas nós, mulheres, devíamos celebrar: a pequena divindade e o imenso prazer em ser esta mulher única.

Eu só tenho aprender e agradecer.

Única.

Livre.

Bela.

Rainha.






26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rainha